Mulher que é atribulada de espírito

"Vai em paz, e o Deus de Israel te conceda a tua petição que lhe pediste"
Coisa terrível para nós é estar angustiada por qualquer coisa, nós não conseguimos disfarçar, a nossa natureza de querer resolver tudo na mesma hora, ficar esperando algo acontecer é uma tortura, o choro é o nosso companheiro, confesso para as irmãs que eu sou muito controlada nas minhas emoções, somente algo muito sério me faz chorar, mas não é o que aconteça com as mulheres que me cercam, elas se desesperam, chegam até a blasfemar contra Deus. Nestes momentos é que a gente aprende a caminhar com o senhor.De que adianta se desesperar, chorar, espernear, brigar com Deus, é nestas horas de angústia que você precisa provar para o senhor que é uma nova criatura, que sabe o que Deus tem preparado para sua vida, acalma o seu coração na sua presença, a palavra nos ensina a não sermos ansiosas.A mulher cristã tem que ter controle sobre as suas emoções, a fé é o firme fundamento das coisas que não se veem, mas que se espera, então nada  de se descontrolar enquanto aguarda o agir do senhor na sua vida, coloque paz no teu coração e creia que no momento certo o senhor vai fazer o que você precisa, Ana era uma mulher atribulada, sem controle, tinha inveja no seu coração, o senhor precisava tratá-la antes de lhe entregar a benção,  ela sofria, mas não estava preparada para receber, quando ela  entrou na presença do senhor e lhe entregou as suas amarguras, colocou paz no seu coração,  o senhor concedeu a sua petição de uma forma grandiosa, lhe deu não um filho mas muitos outros e é assim que acontece conosco hoje em dia, nós sofremos, sofremos por alguma coisa, parece que aquele sofrimento não terá fim, aí você entra na presença do senhor e entrega os seus problemas no seu altar e ele vem com toda mansidão e resolve de uma forma inesperada as suas aflições, eu no mês passado vivi uma experiência assim: "Eu trabalho fora, tenho uma prima que mora comigo e que cuidava da casa e da minha filhinha de 03 anos(só para completar tenho uma filha Tanila de 16 anos e o Lucca com 12 anos), eu queria colocá-la na escolinha, para conviver com outras crianças, ela ficava sozinha só com adultos o dia inteiro, mas não dava para pagar a minha prima e a escolinha, não dava para deixar de pagar a Dilma porque ela faz faculdade de pedagogia e usava o dinheiro para quitar as mensalidades, e quando numa tarde da benção, eu coloquei em oração esta situação eu orei assim: Senhor, eu não estou conseguindo resolver este impasse e isto está me deixando angustiada, eu por minhas forças não consegui achar uma solução, mas o senhor é aquele que sabe resolver tudo, então senhor,  encontra uma solução para este problema.E como num estalar de dedos o senhor encontrou uma solução, para resumir; A minha prima Dilma recebeu uma oferta de emprego de uma escolinha infantil para fazer estágio e para me provar que eu sirvo um Deus muito fiel, ela ganhou uma bolsa de estudos para Thainá, período integral e eu não tenho que pagar nada, eu levo as duas na escola antes de ir trabalhar e pego no final da tarde, aquilo que estava me incomodando, de repente nas mãos do meu Deus, virou uma sequência de bençãos, dá para duvidar da grandiosidade deste Deus?Que a paz do senhor esteja contigo neste dia que será abençoado!!!!

Déa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mulher que é volúvel

Quero dormir o sono dos justos